Quer saber que alimentos serão tendência em 2018? Veja esta lista


Pelos vistos não é só na moda que existem tendência. Até na comida se aplicam as mesma regras. Prova disso é a previsão feita pela Whole Foods, que listou aquelas que serão as tendências alimentares do próximo ano.

Passada a emancipação, as alternativas vegetais irão assumir-se como uma presença ainda mais frequente na dieta diária, com especial destaque para os leites vegetais, que são cada vez mais variados. Amêndoa, aveia, arroz, avelã, coco, quinoa e cânhamo são alguns dos ingredientes que prometem fazer as vezes do leite de vaca, contudo, há que prestar atenção ao rótulo e procurar as versões mais puras e isentas de açúcares adicionados.

Ainda na onda de vegetarianismo – que ganha cada vez mais adeptos, seja pelos benefícios cientificamente provados deste regime alimentar ou até mesmo por questões éticas e ambientais -, também os cogumelos serão um dos alimentos mais ‘in’ do próximo ano, devendo-se variar na tipologia e procurar cozinhá-los da forma mais saudável possível.

As flores serão também uma tendência já em 2018, podendo completar ou ser protagonistas de cocktails, sopas ou pratos mais ou menos requintados. Entre as flores comestíveis estão a lavanda e a rosa.

Tal como já veio a ser frequente ao longo deste ano, os snacks saudáveis vão ganhar cada vez mais espaço, mas há um tipo de snack que promete fazer as delícias de miúdos e graúdos sem pesar na balança e na consciência. Falamos dos ‘snacks de ar‘, isto é, de snacks leves e crocantes ao estilo das pipocas, das frutas desidratadas ou das chips de batata-doce.

Reduzir o desperdício será também uma tendência, mas no próximo ano o segredo passará por usar as cascas dos alimentos para confecionar pratos mais nutritivos e aconchegantes, diz o site Eat This, Not That.

Mas se pensa que 2018 irá virar as costas aos superalimentos, engana-se. O matcha e o açafrão-das-Índias continuarão a ser dois protagonistas, estando previsto um aumento do seu uso em leites vegetais, algo que é já frequente.

As bebidas espumantes, como se consegue com o café e o leite, serão também uma tendência, assim como a leitura atenta dos rótulos, algo que interessa cada vez mais pessoas e que promete melhorar a escolha dos alimentos ingeridos diariamente.

Informação retirada daqui
0