Páginas

terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Sobremesas - Trufas de gorgonzola e chocolate branco


Ingredientes
3 c. sopa sementes de sésamo Pura Vida
150 g queijo Gorgonzola
50 g queijo creme para barrar
500 g tomate verde ou pouco maduro
180 g açúcar mascavado
0,5 dl vinagre de sidra
1 c. sopa azeite
qb tomilho
100 g chocolate branco

Preparação
1. Aqueça uma frigideira anti-aderente e torre levemente as sementes de sésamo. Retire e reserve.
2. Misture o Gorgonzola com o queijo creme e envolva-os com uma colher de pau até obter um creme.
3. Forme oito bolas, passe-as pelas sementes de sésamo, coloque-as sobre um tabuleiro forrado com papel vegetal e leve ao congelador pelo menos 2 horas.
4. Corte o tomate em cubos pequenos, coloque-o num tacho, junte-lhe o açúcar, o vinagre, o azeite e uma colher de sopa de folhas de tomilho e leve ao lume cerca de 20 minutos ou até obter uma compota.
5. Derreta o chocolate em banho-maria ou no micro-ondas.
6. Espete as trufas de queijo em palitos, passe-as rapidamente pelo chocolate derretido e volte a colocá-las no frigorífico cerca de 20 minutos.
7. Sirva as trufas com a compota de tomate.

Informação retirada daqui

Sobremesas - Bolo de chocolate e caramelo salgado


Ingredientes
Para a Massa
300 g chocolate preto
300 g manteiga + 1 c. sopa (para untar a forma)
7 ovos L
150 g farinha de trigo
300 g açúcar
1 c. sobremesa fermento em pó
Para a Cobertura
150 g açúcar mascavado
2 c. sopa água
30 g manteiga
3 dl natas
1 c. café sal
40 g amendoim torrado

Preparação
1. Parta o chocolate em pedaços e derreta-o em banho-maria juntamente com 300 g de manteiga.
2. Pré-aqueça o forno a 200° C na função estática.
3. Junte os ovos, um a um, ao chocolate derretido e bata.
4. Envolva a farinha com o açúcar e o fermento em pó, adicione-a à mistura de ovos e chocolate e mexa bem.
5. Deite o preparado numa forma redonda de mola (28 cm de diâmetro) bem untada com a manteiga e leve ao forno cerca de 30 minutos.
6. Coloque uma frigideira ao lume com o açúcar mascavado, a água e a manteiga e deixe derreter em lume brando até obter um caramelo claro.
7. Adicione as natas e o sal e mantenha no lume até ter uma tonalidade acastanhada. Reserve e deixe arrefecer.
8. Desenforme o bolo com cuidado, deixe arrefecer e regue-o com o caramelo já frio.
9. Salpique com os amendoins grosseiramente picados.

Informação retirada daqui

Sobremesas - Argolas de chocolate


Ingredientes
½ emb. fermento de padeiro fresco
2 dl leite gordo
1 ovo M
1 gema ovo M
60 g manteiga derretida
400 g farinha de trigo + 2 c. sopa (para polvilhar)
30 g cacau
60 g açúcar
1 saqueta açúcar baunilhado
1 c. café sal
1 l óleo (para fritar)
Para a Cobertura
150 g chocolate para culinária
1 c. sopa manteiga sem sal
50 g miolo de avelã

Preparação
1. Desfaça o fermento no leite morno, junte-lhe o ovo, a gema e a manteiga derretida e misture bem.
2. Envolva 400 g de farinha com o cacau, o açúcar, o açúcar baunilhado e o sal.
3. Abra uma cova no meio, deite aí a mistura de fermento e amasse bem, com a batedeira ou no robot de cozinha, até obter uma massa elástica e lisa.
4. Forme uma bola, coloque-a numa tigela enfarinhada, tape com um pano e deixe levedar cerca de 2 horas ou até dobrar de volume.
5. Coloque a massa numa bancada enfarinhada e estenda-a num rectângulo com cerca de 1,5 cm de espessura.
6. Com a ajuda de um corta-massas, com cerca de 8 cm de diâmetro, corte 6 círculos e, com outro mais pequeno, faça-lhes um furo no meio. Estenda as sobras da massa com o rolo e corte mais 6 círculos.
7. Leve ao lume uma frigideira alta com o óleo e quando estiver quente frite os donuts de ambos os lados até estarem dourados.
8. Retire e deixe escorrer sobre papel absorvente.
9. Derreta o chocolate com a manteiga em banho-maria, barre os donuts com este preparado, salpique-os com o miolo de avelã grosseiramente picado e deixe arrefecer.

Informação retirada daqui

Sobremesas - Trifle de frutos vermelhos


Ingredientes
1 emb. gelatina de morango Pingo Doce
500 g frutos vermelhos congelados Pingo Doce
3 unidades iogurte grego triplo 0
4 bolachas digestivas
qb hortelã

Preparação
1. Prepare a gelatina conforme as instruções da embalagem.
2. Divida o líquido pelos copos e adicione os frutos vermelhos (reserve alguns).
3. Leve ao frigorífico até solidificar.
4. Quando a gelatina estiver sólida, coloque por cima o iogurte e, em seguida, a bolacha esfarelada.
5. Sirva decorado com os frutos reservados e as folhas de hortelã

Informação retirada daqui

Sobremesas - Bolo de requeijão com canela e amêndoa


Ingredientes
150 g açúcar
3 c. sopa azeite
5 c. sopa mel
1 c. café sal
6 ovos L
400 g requeijão de ovelha
2 c. sopa vinho do Porto
1 c. sopa canela em pó
1 c. café erva-doce moída
5 c. sopa farinha de trigo
qb manteiga
100 g miolo de amêndoa palitada
1 c. sopa açúcar em pó

Preparação
1. Pré-aqueça o forno a 170° C.
2. Numa tijela junte o açúcar, o azeite, o mel e o sal e bata até estar tudo bem envolvido.
3. Adicione os ovos e bata energicamente até obter um creme meio esponjoso.
4. Esmague um pouco o requeijão e adicione-o à mistura, batendo.
5. Junte o vinho do Porto, a canela em pó e a erva-doce e bata de novo para envolver. Em seguida, adicione a farinha aos poucos e bata de novo para misturar tudo.
6. Disponha a massa numa forma redonda sem buraco bem untada com a manteiga e polvilhada com a farinha.
7. Salpique-a com a amêndoa palitada e leve ao forno durante 45 minutos.
8. Deixe arrefecer e salpique com o açúcar em pó.

Informação retirada daqui

Sobremesas - Granizado de ervas aromáticas


Ingredientes
10 folhas manjericão + qb (para decorar)
5 folhas hortelã
4 pés coentros (só as folhas)
7 dl espumante meio-seco Pingo Doce
1 limão (sumo)
1 lima (sumo)
150 g açúcar em pó
5 claras de ovo L

Preparação
1. Coloque as folhas das ervas no copo do liquidificador, ou no robot de cozinha, junte o espumante, o sumo dos citrinos e o açúcar e bata na velocidade máxima cerca de 2 minutos.
2. Bata as claras em castelo bem firme e incorpore-as delicadamente ao preparado anterior.
3. Disponha-o numa forma de alumínio e leve ao congelador cerca de 45 minutos.
4. Após esse tempo retire e mexa com uma colher de pau.
5. Repita a operação mais uma vez.
6. Sirva em bolas, decoradas com folhas de manjericão.

Informação retirada daqui

Sobremesas - Farófias da avó Minô


Ingredientes
7 dl leite magro
3 gotas de essência de baunilha
1 limão (casca)
1 pau de canela
1 c. café sal fino
5 ovos S
3 c. sopa mel
1 c. sopa amido de milho
qb canela moída

Preparação
1. Coloque ao lume um tacho com o leite, a essência de baunilha, a casca do limão e o pau de canela e deixe levantar fervura.
2. Separe as gemas das claras.
3. Bata as claras em castelo com o sal e quando começarem a fazer espuma, junte-lhes em fio uma colher de sopa de mel e continue a bater até estarem bem firmes
4. Quando o leite começar a ferver, baixe o lume e deite colheradas de claras no tacho, deixando-as cozer cerca de 2 a 3 minutos.
5. Retire com uma escumadeira e coloque-as numa taça.
6. No final da cozedura, coe o leite por um passador de rede fina para um tacho.
7. Misture as gemas com o restante mel e o amido de milho, mexa bem e deite em fio no leite, mexendo sempre.
8. Leve a mistura de leite ao lume até engrossar.
9. Regue as farófias com este creme, polvilhe com canela em pó e sirva.

Informação retirada daqui

Sobremesas - Nectarinas no forno


Ingredientes
4 nectarinas
1 c. café canela em pó
40 g amêndoas laminadas
1 lima
1 iogurte natural açucarado Pingo Doce
qb hortelã

Preparação
1. Pré-aqueça o forno a 180° C.
2. Abra as nectarinas, retire-lhes cuidadosamente os caroços com uma faca afiada e coloque-as numa tarteira, com a parte cortada virada para cima.
3. Polvilhe-as com a canela e leve ao forno cerca de 10 minutos.
4. Espalhe as amêndoas laminadas noutro tabuleiro e leve-as também ao forno para alourarem.
5. Misture a raspa da casca e o sumo de meia lima com o iogurte, adicione um pouco de hortelã picada e misture bem. Reserve.
6. Retire as nectarinas do forno, deixe-as arrefecer e, na altura de servir, distribua a mistura de iogurte pelas cavidades.
7. Polvilhe com as amêndoas tostadas.

Informação retirada daqui

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Sobremesas - Cheesecake de pêra

Ingredientes
4 pêra Rocha
1 vagem de baunilha
70 g açúcar amarelo
1 pau de canela pequeno
75 g bolachas de aveia
15 g manteiga de maendoim
250 g iogurte grego natural Pingo Doce
2 iogurte natural Pingo Doce
2 c. sobremesa mel
5 g gelatina em pó
2 c. sobremesa água

Preparação
1. Descasque as peras e corte-as em cubos pequeninos.
2. Com a ponta de uma faca, corte a vagem de baunilha no sentido do comprimento (tendo o cuidado de não separar as duas partes) e raspe as sementes para dentro de um tacho.
3. Junte o açúcar, o pau de canela e as peras e leve a lume brando até obter um ponto de estrada (quando passar com a colher de pau no fundo do tacho e ficar uma “estrada”). Retire e reserve a compota.
4. Esmague as bolachas, adicione a manteiga de amendoim e o creme para barrar e misture tudo muito bem.
5. Forre com este preparado a base de uma forma redonda de fundo amovível e leve ao frigorífico enquanto prepara o recheio.
6. Coloque numa taça os iogurtes com o queijo e o mel e envolva bem.
7. Dissolva a gelatina com uma colher de sobremesa de água e deixe hidratar cerca de 5 minutos. Adicione a outra colher de água, mexa e leve ao microondas, na potência máxima, para derreter. Retire e reserve.
8. Misture a gelatina com o preparado de iogurte e queijo e disponha na forma por cima da bolacha.
9. Leve novamente ao frigorífico até solidificar.
10. Cubra o topo com a compota de pêra Rocha e reserve no frigorífico até servir.

Informação retirada daqui

Sobremesas - Mousse de abacate com Roquefort


Ingredientes
1 banana pequena
2 abacates maduros
1 lima
1 c. sopa mel
80 g queijo Roquefort Pingo Doce
1 c. sobremesa sementes de girassol

Preparação
1. Descasque a banana, corte-a em rodelas, regue-as com o sumo de metade da lima e coloque-as no congelador.
2. Corte os abacates ao meio, retire-lhes o caroço e corte a polpa em pedaços.
3. Regue-a com o restante sumo de lima e coloque no robot de cozinha ou no copo do liquidificador.
4. Junte o mel e as rodelas de banana e triture até obter uma mousse.
5. Divida pelos copos ou taças, disponha por cima uma lasca de queijo e polvilhe com as sementes de girassol. Sirva de imediato.

Informação retirada daqui

Sobremesas - Tartelettes de manteiga de amendoim


Ingredientes
Para as Tarteletes
200 g bolachas Shortcake chocolate
80 g manteiga derretida
100 g queijo-creme
100 g queijo Mascarpone
100 g manteiga de amendoim cremosa
60 g açúcar mascavado escuro
2 ovos M
0,6 dl natas
Para o Paliné
220 g açúcar mascavado
100 g amendoins torrados salgados picados
100 g natas batidas

Preparação
1. Triture as bolachas até obter uma areia grossa. Adicione a manteiga derretida e misture bem para envolver tudo.
2. Forre o fundo de mini-tartes com esta mistura e leve ao frigorífico 15 minutos.
3. Pré-aqueça o forno a 180° C.
4. Numa taça misture os queijos e a manteiga de amendoim e bata bem cerca de 4 minutos. Adicione o açúcar, bata mais dois minutos e, em seguida, junte os ovos, batendo novamente. Adicione as natas e misture até os ingredientes estarem bem ligados.
5. Verta a mistura por cima da base de chocolate e leve ao forno cerca de 40 minutos ou até estar firme. Retire, deixe arrefecer e leve ao frigorífico cerca de 2 horas.
6. Para o praliné, aumente a temperatura do forno para os 200° C.
7. Espalhe o açúcar num tabuleiro, previamente forrado com papel vegetal, e leve ao forno 20 minutos ou até estar derretido e dourado.
8. Retire do forno, polvilhe com os amendoins picados e deixe arrefecer totalmente. Depois de frio, pique grosseiramente num robot de cozinha.
9. Sirva as tartelettes com as natas batidas e polvilhadas com três colheres de praliné.
10. Reserve o restante para futuras utilizações num frasco hermeticamente fechado.

Informação retirada daqui

Sobremesas - Queques de pêra


Ingredientes
2 ovos M
100 g açúcar amarelo
2 c. sopa mel
1 dl azeite
150 g farinha de trigo + qb para polvilhar
1 c. chá fermento em pó
1 c. chá canela moída
100 g flocos de aveia fina
1,5 dl leite de amêndoa
4 pêra Rocha
1 c. chá manteiga (para untar)
1 c. café açúcar em pó (para polvilhar)

Preparação
1. Pré-aqueça o forno a 180º C.
2. Numa taça, bata os ovos juntamente com o açúcar e o mel até obter um creme fofo.
3. Adicione o azeite e, em seguida, a farinha de trigo, previamente misturada com o fermento e a canela, os flocos de aveia e o leite, alternadamente.
4. Bata tudo até estar bem envolvido.
5. Junte as peras descascadas e cortadas em cubos e envolva tudo muito bem.
6. Distribua a massa por oito formas de queque, previamente untadas com manteiga e polvilhadas com um pouco de farinha, e leve ao forno cerca de 20 minutos.
7. Depois de frios polvilhe com o açúcar em pó.

Informação retirada daqui

Sobremesas - Crumble de ananás


Ingredientes
20 g creme vegetal com óleo de noz + 1 c. sopa (para pincelar)
100 g flocos de aveia Pura Vida
40 g avelãs picadas
2 c. sopa farinha de trigo
3 c. sopa açúcar mascavado
1 c. café cardomomo em pó
4 rodelas de ananás

Preparação
1. Pré-aqueça o forno a 180º C.
2. Numa taça, misture o creme vegetal com óleo de noz previamente derretido, com a aveia, as avelãs, a farinha, o açúcar e o cardamomo e misture tudo muito bem.
3. Pincele taças de forno com o creme vegetal e disponha nelas o ananás cortado em pequenos cubos
4. Por cima, distribua o crumble e leve ao forno cerca de 15 a 20 minutos ou até tostar ligeiramente.
5. Retire do forno, deixe arrefecer um pouco e sirva.

Informação retirada daqui

Sobremesas - Brigadeiros de amendoim


Ingredientes
450 g flocos de aveia
196 g manteiga de amendoim cremosa
200 g mel
6 c. sopa cacau em pó
100 g pepitas de chocolate preto
½ c. café sal
1 c. sopa açúcar em pó

Preparação
1. Coloque todos os ingredientes numa taça e misture-os até obter uma massa pegajosa.
2. Leve ao frigorífico cerca de 30 minutos.
3. Retire colheradas de massa e, com as mãos, forme pequenas bolas.
4. Disponha-as no prato dando-lhes a forma de pinheiro de Natal.
5. Polvilhe com o açúcar em pó.

Informação retirada daqui

Sobremesas - Rabanadas recheadas


Ingredientes
4 fatias de pão sem côdea
75 g queijo fresco em creme para barrar
1 chávena de morangos em pedaços pequenos
1 ovo M
4 c. sopa leite
2 dl óleo para friar
3 c. sopa açúcar
qb canela
3 c. sopa açúcar em pó

Preparação
1. Com a ajuda de um rolo da massa, “estique” as fatias de pão.
2. Numa das pontas espalhe uma colher de sopa de queijo creme. Por cima, disponha alguns morangos e enrole a fatia. Repita o processo para as restantes fatias de pão.
3. Num prato de sopa, bata o ovo com o leite. Passe os rolos de pão por esta mistura e frite-os numa frigideira com o óleo bem quente.
4. Vá virando com a ajuda de um garfo de forma que fiquem dourados de todos os lados.
5. Retire, deixe escorrer em papel absorvente e passe as rabanadas pelo açúcar misturado com canela.
6. Polvilhe com o açúcar em pó.

Informação retirada daqui

Sobremesas - Maçãs recheadas


Ingredientes
6 maçã Royal Gala biológicas
1 limão (sumo)
50 g manteiga
100 g açúcar
1 pau de canela
2 c. sopa canela em pó + qb para polvilhar
1 emb. massa quebrada refrigerada Pingo Doce
1 ovo M
1 c. sopa açúcar
6 c. sobremesa iogurte natural

Preparação
1. Pré-aqueça o forno a 180º C.
2. Abra as maçãs, retirando-lhes a parte de cima, e escave o interior com a ajuda de uma colher ou de um utensílio próprio. Regue-as por dentro e por fora com o sumo de limão.
3. Corte a polpa retirada do interior em pedaços (rejeite os caroços). Reserve.
4. Derreta a manteiga num tacho, adicione a polpa em pedaços e junte o açúcar, o pau e a canela e pó.
5. Misture tudo bem e deixe cozinhar em lume brando 4 minutos até que as maçãs amoleçam ligeiramente.
6. Recheie as maçãs com este preparado e coloque-as num tabuleiro de formo.
7. Corte a massa quebrada em tiras e coloque-as por cima das maçãs, entrançando-as umas nas outras.
8. Pincele a massa com o ovo, previamente batido, e polvilhe com o açúcar e mais canela, se desejar.
9. Leve ao forno cerca de 20 minutos.
10. Sirva quentes com uma colher de sobremesa de iogurte polvilhado com canela.

Informação retirada daqui

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Gosta de comer a massa do bolo que sobra na taça? Não o faça


Ir com uma colher 'roubar' da taça o resto da massa de um bolo é um dos hábitos que ganhamos quando somos ainda crianças, mas a verdade é que pode fazer seriamente mal à saúde, segundo um estudo publicado esta semana.

Está a chegar o Natal, aquela época do ano em que é quase impossível à confeção de um sem fim de iguarias bem calóricas e açucaradas. Das rabanadas, às azevias, passando pelas filhós e pelos sonhos, não esquecendo o bolo-rei, os biscoitos para o Pai Natal e as tortas alusivas à quadra festiva, são muitos os bolos a preparar... e muitas as taças para 'roubar' os restos de massa.

Se tem este hábito - aliás, quem não tem? -, temos uma má notícia para si. Segundo um recente estudo publicado na revista científica The New England Journal of Medicine, comer a massa de bolos e tortas quando está ainda crua pode causar intoxicação alimentar.

Em causa, explica o estudo, em causa está o consumo de ovo e farinha quando estes ainda não foram cozinhados. O ovo, como é do conhecimento geral, porta sempre o risco de Salmonella, já a farinha pode ter na sua composição uma série de bactérias nocivas para o organismo humano.

Entre as bactérias que podem escolher as farinhas como habitat ideal está o E.coli, detetou o novo estudo, confirmando algo que já se suspeitava desde o verão do ano passado, quando cerca de quatro toneladas de farinha foram apreendidas nos Estados Unidos devido à presença desta bactéria - que foi ainda responsável por uma rumaria aos hospitais por conta de intoxicações alimentares, conta o The New York Times.

Para os responsáveis deste estudo, evitar uma intoxicação alimentar nesta quadra festiva não implica apenas resistir ao hábito de comer a massa crua dos bolos, tortas e bolachas. É preciso ter ainda o cuidado de lavar devidamente as mãos com água quente e sabão antes e depois de preparar as doçarias (e qualquer outro tipo de comida, diga-se). Confecionar os alimentos a temperaturas elevadas também ajuda a 'matar' as presenças indesejadas.

Informação retirada daqui

segunda-feira, 1 de janeiro de 2018

Erros mais frequentes que quase todos cometemos quando vamos comer sushi


Consegue comer com pauzinhos e acha que já é um profissional da culinária japonesa? Talvez esteja enganado. Alguns dos melhores chefs revelam os erros que deve evitar da próxima vez que comer japonês comida.

Erros mais frequentes que quase todos cometemos quando vamos comer sushi© DR Erros mais frequentes que quase todos cometemos quando vamos comer sushi

Nos seus pratos, os chefes japoneses utilizam técnicas realmente complicadas e ingredientes muito específicos, desde o peixe fresco ao arroz, e esperam que os clientes tenham alguns cuidados ao aproveitar esses pratos. O jornal Independent pediu aos melhores chefes de cozinha japonesa para referirem os piores erros que se pode cometer ao desfrutar da comida do país para que os clientes possam agora fazer boa figura.

Para começar, não "afogue" o nigiri em molho de soja. Nigiri é um bolinho de arroz cozido, avinagrado e doce, coberto por um pedaço de peixe cru ou de um fruto do mar. Mark Edwards, chefe nos restaurantes Nobu em Londres e Berkeley, explica que "muitas vezes, as pessoas limitam os sabores frescos e delicados de peixe cru ao ensopar o sushi em molho de soja, ao invés de usá-lo com moderação para complementar o sabor". Para evitar este erro, Mark Edwards aconselha a "privar-se de deixar o arroz absorver o molho e, em vez disso, mergulhar o pedaço de peixe". Mas existem outras regras quanto ao uso do molho de soja. Não deve misturá-lo com wasabi - tempero verde, geralmente servido em pasta, usado para apimentar os pratos. Nobu Matsuhisa do restaurante Nobu Shoreditch justifica esta regra ao dizer que "o molho de soja contém imenso sódio e wasabi tem demasiadas especiarias e como o sushi é muito delicado, esta mistura bloquearia diversos sabores". Evite também abusar no molho de soja. No Japão este é tratado com respeito e só deve retirar aquilo que vai efetivamente consumir.

Outro dos erros mais cometidos é encher o sushi com gengibre. O chefe dos restaurantes Nobu refere que "o gengibre em conserva é tradicionalmente destinado a ser usado como um purificador do palato que é comido entre os diferentes cortes de peixe, e não para comer como um enfeite em cima do sushi, o que é comum ver". O chefe Nobu Matsuhisa do restaurante Nobu Shoreditch, recomenda que "depois de ter comido um pedaço de sushi com atum, por exemplo, e se quiser comer sushi com salmão, coma o gengibre porque limpa a boca. Assim pode experimentar a próxima peça sem confundir os sabores".

Um dos enganos que está a cometer, e talvez o mais peculiar, é tentar comer ramen sem fazer barulho. Ao que parece, não precisa de se preocupar com ser educado e elegante ao comer a sopa. Pode e deve fazer barulho. "Ao comer ramen, é educado sorver os noodles. Assim demonstra respeito pelo chefe e ajuda a arrefecer os noodles para que não queime a boca", revela Shane Zhao, chefe no restaurante Issho em Leeds. Também não deve cortar os noodles porque isso é visto como um insulto.

A quarta regra está relacionada com o chá: não ponha água a ferver no chá matcha. James Shillcock, fundador do Vivid Matcha Green Tea, alerta para "nunca despejar água a ferver no chá verde matcha porque queima as folhas e gera um sabor amargo". Continuando em matéria de bebidas, não deve beber saqué - bebida tradicional do Japão, fabricada pela fermentação do arroz - quando come pratos com arroz. Shane Zhao conta que "os tradicionalistas acreditam que não se deve servir saqué com pratos de arroz visto que este é feito de arroz o que afetaria o sabor". Outra das normas para beber saqué é que não se deve servir a si próprio, é tradição que a bebida seja servida pela pessoa que está ao seu lado.

Um dos erros mais comum é o uso incorreto dos pauzinhos. Não deve colocá-los verticalmente na tigela quando come porque no Japão isso é considerado falta de respeito. Colocar os pauzinhos na vertical dentro de uma tigela de arroz é uma tradição comum usada em funerais nesse país e os japoneses acreditam que dá azar.

Andrew Kojima, chefe de cozinha japonesa, entrou no Masterchef do Reino Unido em 2012 e foi finalista. No que toca à comida japonesa, Andrew refere que não devemos comer o sushi frio. "O arroz deve ser comido quente e suave quando é acabado de fazer, não frio e duro", aconselha. O chefe acrescenta ainda que não deve ignorar as guarnições como nabo ralado e folhas de manjericão porque não estão lá apenas para enfeitar, "têm um sabor fantástico e ajudam a digerir peixes gordurosos como salmão, atum e cavala".

Kojima revela também que a sopa miso não deve ser comida com uma colher. Miso é um ingrediente tradicional da culinária japonesa feito a partir da fermentação de arroz, cevada e soja com sal e a sua sopa deve ser ingerida diretamente da tigela, “as sopas japonesas são mais finas que as outras e são servidas em taças mais pequenas para que possa saborear da tigela." A base da sopa miso é feita a partir de caldo dashi, tradicional na culinária japonesa, e Kojima alerta que este não deve ser congelado pois perde o aroma característico.

Informação retirada daqui

Postagens populares

Recomendamos