Páginas

terça-feira, 29 de abril de 2014

Receita de Molotof


Ingredientes:
8 Claras de Ovo
8 Colheres de Sopa de Açúcar
Caramelo q.b.

Preparação:
Comece por bater as claras em castelo e vá colocando o açúcar, uma colherada de cada vez enquanto for batendo.
Acrescentar o caramelo a gosto (normalmente até ficar com uma tonalidade de café com leite).
Colocar numa forma de buraco previamente untada de caramelo.
Segue-se a fase de maior importância na preparação do Molotof (pois a única parte que exige maior cuidado é no controlo da temperatura e tempo de cozedura):
Pré-aqueça o forno a 180º.
Coza o Molotof durante 8 minutos e deixe repousar durante 30 minutos antes de retirar do forno. Após retirar do forno, desenforme de imediato.
Não abra o forno durante os cerca de 38 minutos em que o Molotof estará a ser cozinhado, pois a diferença de temperatura "estragará" o preparado.

Receita retirada daqui

domingo, 27 de abril de 2014

Receita de tarte de Nata

Ingredientes:
1 Base de massa folhada
150 gr de açucar
50 gr de farinha maizena
1 casca de limão
1/2 leite
4 gemas de ovos

Preparação:
Estende-se a base de massa folhada e forra-se uma forma com fundo amovível.

Num tacho leva-se ao lume o leite com o açucar, a farinha e a casa de limão e vai-se mexendo até engrossar um pouco. Batem-se as gemas e misturam-se ao preparado anterior mexendo bem. Deita-se o preparado sobre a massa folhada e vai ao forno cerca de 25 min.

Receita retirada daqui
Fonte/Autoria: Sara Marques

sexta-feira, 25 de abril de 2014

Receita de Bolo de Maçã


Ingredientes:
Para a cobertura:
4 maçãs
Sumo de meio limão
75 g de açúcar


Para o creme:
2 maçãs
Raspa de meio limão
75 g de açúcar
4 colheres de sopa de água


Para a base:
1 base de massa folhada para tartes

Preparação:
1- Comece por descascar as maçãs. Corte 2 maçãs em pedaços pequenos, coloque-os numa caçarola com a raspa do limão, o açúcar e a água. 
2- Leve ao lume, deixe cozer. Entretanto corte as restantes maçãs em lâminas finas e regue-as com o sumo de limão para não escurecerem, reserve.
3- Retire a caçarola do lume e reduza a puré a maçã.
4- Estenda a massa folhada numa forma de tarte com fundo amovível, espalhe o creme de maçã sobre a massa. 
Disponha os gomos de maçã em circulo sobre o creme. Pulverize com o restante açúcar e leve ao forno pré-aquecido durante 45 minutos a 170 º C.

Bom Apetite!

Receita retirada daqui

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Receita de Bolo de Laranja


Ingredientes:
2 Laranjas médias
5 Ovos
2 Chávenas de farinha
2 Chávenas de açúcar
1 Chávena de óleo
1 Colher de café de fermento em pó

Preparação:
1. No liquidificador coloque os ovos, as laranjas cortadas em pedaços, o óleo e o açúcar.
2. Triture durante dois minutos.
3. Numa taça coloque a farinha e o fermento e adicione a mistura anterior.
4. Unte uma forma com buraco com margarina e polvilhe com farinha, coloque aí o preparado e leve ao forno a 180º durante 45 minutos. Se começar a alourar muito depressa coloque uma folha de alumínio por cima. Verifique se está cozido com o teste do palito. 

È muito rápido de fazer e é muito gostoso.

Receita retirada daqui

segunda-feira, 21 de abril de 2014

Receitas de Folar da Páscoa



Ingredientes:
500 g farinha
100 g margarina
35 g fermento de padeiro
125 g açúcar
3 ovos
2 dl Leite Morno
q.b. sal
q.b. canela
q.b. erva doce
4 ovo(s) cozido(s)

Preparação:
1. Dissolva o fermento num pouco de leite morno e junte alguma farinha. Faça uma bola bem húmida e deixe levedar 20 minutos.
2. Amasse a restante farinha com o açúcar, o leite e os ovos e junte a bola de fermento.
Bata bem. Acrescente a manteiga, o sal e as especiarias. Bata até a massa se soltar da tigela. Deixe levedar numa tigela tapada com 1 cobertor, em local protegido e ameno, durante + ou - 3 horas.
3. Faça então uma bola ligeiramente abolachada, onde coloca os ovos previamente cozidos e frios. Com um pouco de massa faça uns cordões que coloca a rodear os ovos. Pincele com gema de ovo, deixe levedar mais 1 pouco e leve a forno quente (200ºC) até ficar bem corado e cozido.

Receita retirada daqui

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Receita de Toucinho-do-Céu


Ingredientes:
2,5 dl de água
600 g de açúcar
1 pau de canela
1 casca de limão
300 g de miolo de amêndoa moído sem pele
3 ovos
12 gemas
Miolo de amêndoa pelado para decorar
Toucinho-do-Céu 3

Preparação:
Coloque um tacho ao lume com a água, o açúcar, o pau de canela, a casca de limão e deixe ferver por três minutos.

Adicione o miolo de amêndoa, mexendo sempre, e retire do calor. Deixe amornar. Misture os ovos com as gemas e verta em fio no preparado, incorporando bem com uma vara de arames.

Unte com manteiga e polvilhe com açúcar uma forma redonda com 23 cm de diâmetro. Coloque o preparado e leve ao forno a 200° C, em banho-maria, durante cerca de 50 minutos.

Retire depois de cozido, deixe arrefecer e vire para um prato de servir. Decore com miolo de amêndoa pelado.

Receita retirada daqui

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Receita de Ovos-Moles


Ingredientes
250 g de açúcar
1 dl de água
1 pau de canela
2 cascas de limão
8 gemas
ovos-moles

Preparação
Ferva o açúcar com a água, o pau de canela e a casca de limão, até obter ponto-pérola: quando se verte um pouco de calda de açúcar de uma colher, forma-se um fio resistente, cuja extremidade é semelhante a uma pérola.

Passe as gemas por um passador de rede e junte-lhes a calda em fio, mexendo bem. Leve novamente ao lume para engrossar, mexendo sempre. Retire, deixe arrefecer e sirva em pequenas quantidades.

Noticia retirada daqui

sábado, 12 de abril de 2014

Receita de Sericaia


Ingredientes:
5 dl de leite
1 pau de canela
6 ovos
200 g de açúcar
3 c. (de sopa) de farinha
1/2 limão (raspa)
1 c. (de sopa) de canela em pó
sal, manteiga e açúcar q.b.
sericaia

Preparação:
Ferva o leite num recipiente com o pau de canela. Bata as gemas com o açúcar. Junte a farinha, uma pitada de sal, a raspa de limão e um pouco do leite fervido, em fio. Mexa bem e verta o restante leite. Passe o preparado por um passador de rede e deixe amornar.

Bata as claras em castelo e junte-as ao preparado. Ligue o forno a 220° C. Unte oito pratos de barro com manteiga e polvilhe-os com açúcar. Com uma concha, verta o preparado nos pratos. Polvilhe com a canela e leve a meio do forno durante dez minutos. Sirva a sericaia morna ou fria.

Receita retirada daqui

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Receita de Pastéis de Belém


Ingredientes:
Massa:
300 gr de farinha
250 gr margarina para folhados
Sal e água

Recheio:
1/2 L de leite
9 Gemas
10 Colheres (sopa) de açúcar amarelo
1 Saqueta de leite-creme instantâneo
1 Colher de chá de farinha
1 Colher de chá de farinha Maizena
1 Pau de canela
1 Casca de limão
2 Colheres de chá de essência de baunilha em pó
Canela e/ou açúcar em pó a gosto
pasteis-belem

Preparação:
Misture a farinha, o sal e a água; trabalhe a massa até ligar. Divida a margarina em 3 porções. Estenda a massa, espalhe sobre ela 1/3 da margarina e enrole como um tapete. Repita esta operação mais duas vezes, até acabar a margarina. No final deixe descansar 20 minutos. Em seguida corte a massa em quadrados de 2cm de espessura, e coloque cada quadrado sobre uma forma lisa indicada para este tipo de pastéis. Dissolva a saqueta de leite-creme no leite, não muito quente. Leve ao lume em banho-maria as gemas batidas com o açúcar amarelo, o leite-creme dissolvido no leite, o pau de canela, a casca de limão, a farinha, a farinha Maizena e a essência de baunilha até o preparado engrossar. Deixe aquecer levemente e coloque uma porção do preparado dentro de cada forma, que a encha, mas não demasiado. Leve ao forno, até ficarem cozidos e tostados. Podem ser comidos mornos ou frios. Polvilhe-os, se quiser com canela e/ou açúcar em pó a seu gosto.

Receita retirada daqui


HISTÓRIA:

No inicio do Século XIX, em Belém, próximo do Mosteiro dos Jerónimos, funcionava uma refinação de cana-de-açúcar associada a um pequeno local de comércio variado. Com a Revolução Liberal de 1820, foram encerrados os 1834 conventos de Portugal, expulsando o clero e os seus trabalhadores. Para sobreviver, alguém do Mosteiro começou a vender nessa loja uns pastéis doces, que se tornaram conhecidos por “Pastéis de Belém”. Nesta altura, a zona de Belém ficava longe da cidade de Lisboa e o percurso era assegurado por barcos a vapor. Mas a  Em 1837, iniciou-se o fabrico dos “Pastéis de Belém”, em instalações próximas da refinação, segundo a antiga “receita secreta”, trazida do Esta receita mantém-se igual até hoje e é, exclusivamente, conhecida pelos mestres pasteleiros que os fabricam artesanalmente na “Oficina do Segredo”.

terça-feira, 8 de abril de 2014

Receita de Trouxas da Malveira


Ingredientes:
500 gr claras batidas em castelo
250 gr gemas
600 gr farinha
900 gr açúcar
Juntar tudo e bater. Vai ao forno a cozer.

Recheio:
300 gr amêndoa torrada e moída
350 gr açúcar
2,5l leite
400 gr baunilha
Vai ao lume até engrossar. Depois das Trouxas cozidas coloca-se o creme e polvilha-se com açúcar.
trouxas-malveira

HISTÓRIA:
Inspirada nas antigas lavadeiras saloias, que traziam, à cabeça, as trouxas de roupa que “a freguesa deu ao rol”, Maria Emília Esteves lança em 1952, com um êxito quase imediato, as famosas Trouxas da Malveira, deliciosas tortinhas de pão-de-ló com saboroso creme de baunilha e frutos secos moídos.

A história das trouxas começa nos “segredos” do convento de Odivelas, onde trabalhou durante muitos anos a madrinha de Maria Emília. A simpática senhora, apesar do seu convívio diário com as freiras e respectivas tradições, não trouxe consigo para a Malveira nenhum dos tais “segredos” que se suponha conhecer, tendo aberto “apenas” uma requintada leitaria. Depressa D. Emília apercebeu-se do “erro” e decide lança-se num novo negócio, desta vez num pequeno espaço junto à passagem de nível a que deu o nome de Tentadora. Aí a história foi outra e D. Emília não tinha mãos a medir para tantos pedidos. Então, para a ajudar no negócio, D. Emília, chamou sua a afilhada e uma velha amiga com ela trabalhara no convento de Odivelas, D Teresa e com ela começaram a ser fabricados alguns dos segredos do convento.

D. Teresa começou a fazer as trouxas, um doce muito leve e requintado que confeccionava em pequenas quantidades e destinado a uma clientela mais fina. Com a morte D. Teresa morre, o segredo das trouxas fica na família de D. Emília. E a afilhada D. Maia, decide pega na receita e continua a sua comercialização. Desde então as Trouxas da Malveira ganharam muitos apreciadores.

Receita retirada daqui

domingo, 6 de abril de 2014

Receita de Queijadas de Sintra


Ingredientes:
Massa
350 gr de farinha
1 pitada de sal fino
75 gr de manteiga
1 ovo
1,2 dl de água

Recheio
4 queijinhos frescos
1,5 colheres (sopa) de farinha
160 g de açúcar
1 pitada de sal fino
raspa de 1/2 limão
1 colher (café) de canela em pó
8 gemas
80 gr de manteiga derretida
queijadas-sintra

Preparação:
Pré-aquecer o forno a 190ºC. Preparar a massa : misturar a farinha farinha com o sal e a manteiga cortada em pedacinhos. Amassar, esfregando com a ponta dos dedos. Juntar o ovo e a água. Voltar a amassar. Estender a massa com o auxílio de um rolo na bancada ligeiramente polvilhada com farinha. Recortar 12 círculos na massa. Forrar pequenas formas salpicadas com água com os círculos de massa. Reservar. Passar os queijinhos por um passador de rede fina, pressionando com os dedos. Transferir para uma tigela funda e incorporar o açúcar, o sal, a raspa de limão e a canela. Juntar as gemas e a manteiga derretida. Misturar muito bem até os ingredientes ficarem ligados. Distribuir o creme pelas pequenas formas. Levar a cozer no forno – a 190ºC – por 25-30 minutos. Deixar amornar e desenformar. Servir as queijadas levemente mornas ou frias.

Receita retirada daqui

sexta-feira, 4 de abril de 2014

Receita de Barriga de Freira Rica

Ingredientes
50 g de miolo de amêndoa ou de pinhões
300 g de açúcar
2 dl de água
100 g de miolo de pão
4 ovos
Canela q.b.
barriga-freira-rica

Preparação
Se utilizar amêndoas, escalde-as, pique-as, seque-as e torre-as no forno.
Num tacho, leve ao lume o açúcar com a água, deixe ferver 2 m., retire, misture com o miolo de pão e desfaça-o muito bem. Junte as gemas, mexa e leve de novo ao lume, mexendo sempre até borbulhar; retire e deixe arrefecer.
Bata as claras em castelo, misture-as com cuidado ao preparado e deite numa taça. Polvilhe com canela e espalhe por cima as amêndoas ou pinhões.

Receita retirada daqui

Postagens populares

Recomendamos